São Paulo, 22 de Outubro de 2018

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Como usar corretamente o protetor solar?

Escrita por: Raquel Francese
07/01/2008 12:04

Veja as respostas para as dúvidas mais comuns que surgem no verão

Conversamos com a dermatologista Cristiane Lagreca, do Hospital São Camilo Ipiranga, para responder às dúvidas mais comuns sobre o uso do protetor solar. Veja a seguir.

Clube SangueBom: É necessário passar o protetor todos os dias, mesmo quando não está sol?

Dra. Cristiane Lagreca: Sim. Os dias nublados ou fresquinhos são os mais perigosos pois as pessoas acham que, sem sol, não precisam do protetor. Puro engano. Os raios ultravioleta, que causam câncer de pele, continuam lá do mesmo jeito. Além do mormaço, que pode causar queimaduras tão graves quanto o sol forte. Então, é importante passar protetor todos os dias do ano, sim.

CSB: E se a pessoa for ficar na sombra?

Dra: Se for na sombra dentro de uma casa, tudo bem. Aí não precisa passar. Mas se for a sombra do guarda-sol ou do quiosque na piscina, é necessário não só se proteger como reaplicar o protetor a cada duas horas.

CSB: Quantas vezes por dia é preciso aplicar o protetor?

Dra: Se a pessoa for ficar ao ar livre, a cada duas horas. Quem sua muito precisa reaplicar de hora em hora, e quem for nadar a cada vez que sair da água. E atenção! Não adianta passar o protetor na pele úmida (de suor ou água), pois ele não será absorvido. Primeiro seque bem a pele com uma toalha, e depois aplique.

CSB: Qual é a diferença entre os vários fatores de proteção?

Dra: Até o 30, a diferença é bem grande. Eu recomendo usar no mínimo o 20, pois antes disso a proteção é muito fraca. O que a maioria das pessoas não sabe é que acima do trinta, o aumento da proteção é mínimo. Então vale mais a pena comprar dois tubos de protetor FPS 30 e usar de duas em duas horas do que comprar o 60 e ficar economizando.

CSB: A consistência do protetor altera sua eficácia?

Dra: Não, o interessante é escolher o produto mais adequado para o seu tipo de pele: se ela é ressecada, pode usar um creme com base oleosa. Se tem tendência à acne, a melhor opção é o gel. Crianças devem sempre usar produtos anti-alérgicos.

CSB:Hipoglós protege do sol?

Dra: Não. Apesar de formar uma “barreira??? sobre a pele, o hipoglós não protege dos raios ultravioleta. O que ele faz muito bem é hidratar a pele, ou seja, pode ser aplicado depois de um dia de sol. Só tome cuidado se você tiver tendência à acne, pois o produto possui base oleosa.

CSB: Dentro da água nos queimamos mais ou menos?

Dra: Parece que não, mas nos queimamos mais. A água retira a camada de protetor solar e reflete o sol, queimando todas as partes submersas do corpo. ??gua do mar ainda tem o agravante de ser salgada, e assim desidratar a pele mais rápido. Sempre seque bem a pele e reaplique o protetor depois de sair do mar ou da piscina.

CSB: O que fazer em caso de queimaduras de sol?

Dra: Se houver bolhas, procure um médico. Se o problema for apenas vermelhidão e ardência, a recomendação é tomar banho frio com sabonete neutro, sem esfregar. Depois, muito hidratante. Nessa época do ano é mais fácil encontrar produtos específicos para queimaduras de sol, que além de hidratar aliviam a ardência. Mas qualquer creme será eficiente, o importante é combater o ressecamento.

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.