São Paulo, 17 de Junho de 2019

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Frio e asma não combinam

Escrita por: Regiane Sanchez
02/05/2008 11:16

Como amenizar sintomas de alergias durante o tempo seco e frio

Os casos de asma e de alergias respiratórias pioram com o tempo seco e frio, pois as partículas de poeira ficam em suspensão no ar. Como conseqüência, a asma é uma das doenças que mais se manifestam quando as condições climáticas tornam-se inapropriadas à dispersão dos poluentes. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que cerca de 100 milhões a 150 milhões de pessoas sofram deste mal.

A asma é uma doença respiratória que se manifesta nos pulmões em conjunto à rinite, essa no nariz. É um processo inflamatório crônico das mucosas que recobrem as cavidades nasais e/ou brônquios. O problema pode aparecer em qualquer faixa etária. Os sintomas podem ser confundidos com os de uma gripe. Coriza, espirros, tosse e coceira do nariz são alguns deles.

A médica Yara Mello, responsável pelo Serviço de Alergia e Imunologia do Hospital Professor Edmundo Vasconcellos, afirma que quem tem problemas de alergia já começa a sentir estes sintomas com a mudança de clima.


Controle

O tratamento pode ter três focos, todos com o objetivo de controlar o problema. São eles, por meio de vacinas (imunoterapia), da inflamação, com medicação antiinflamatória e o de crises, utilizando broncodilatadores e antialérgicos.

Para diminuir os incômodos causados pelo tempo frio, uma boa dica é beber bastante água e fazer lavagem nasal várias vezes ao dia com água ou soro fisiológico. Evitar ambientes fechados que contenham muito pó e fumaça, perfumes e produtos com cheiro forte, também são indicados.

São necessários cuidados com o ambiente da pessoa que apresenta esse mal. Ele deve estar sempre limpo e arejado. Além disso, deve-se evitar o fumo, a presença de animais dentro de casa, a manutenção de tapetes, carpetes e cortinas grossas. Todas essas medidas são necessárias, pois são locais de alojamento de ácaros e poeira.

Além disso, a pessoa deve forrar o colchão e os travesseiros com material antialérgico - ou plástico - para impedir a passagem de poeira. Praticar atividades físicas aeróbicas promovem a melhoria do funcionamento do sistema cardiorrespiratório.

E lembre-se: a asma e rinite são doenças crônicas, mas, quando tratadas adequadamente, podem ser controladas, permitindo que o paciente tenha uma excelente qualidade de vida.

Saiba mais em Respirando sob a fumaça

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.