São Paulo, 22 de Janeiro de 2018

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Estudar à noite requer cuidados com a visão

Escrita por: Regiane Sanchez
15/05/2008 07:22

Hábitos noturnos podem prejudicar seus olhos

Nem sempre é possível ler tudo o que é necessário - ou que se deseja – em razão da correria diária. Às vezes acabamos utilizando a noite para complementar os estudos. Este hábito precisa ser acompanhado de cuidados para não causar danos precoces à musculatura intra-ocular.

Tão importante quanto garantir o bom desempenho é observar alguns cuidados que devem ser tomados evitar problemas de visão. O dr. Virgilio Centurion, médico oftalmologista, explica que o ambiente de estudo deve ter condições adequadas de higiene, iluminação e ventilação. A má iluminação ou excesso de luz causam cansaço visual e diminuem o rendimento.

Uma boa iluminação é aquela que oferece contraste e luminosidade ideais para a realização de uma determinada tarefa. A mais prejudicial é aquela que cria ofuscamento da visão. Além de desconforto, diminui a habilidade da pessoa ver, porque cria um véu que reduz o contraste na retina.

Os efeitos da leitura noturna realizada em ambiente inadequado são perceptíveis. São dores de cabeça, cansaço nos olhos e desinteresse pela matéria. Outras vezes, esses sintomas indicam que o indivíduo tem um pequeno grau de refração que precisa ser corrigido.


Dicas para uma boa iluminação do ambiente de estudo:

- A lâmpada utilizada deve estar localizada a uns 40 ou 50 centímetros acima da cabeça do estudante, e a luz deve incidir pelo lado contra-lateral à mão que escreve;

- Prefira a lâmpada incandescente, pois é similar à luz solar, ao invés de utilizar lâmpadas que emitam raios ultra-violetas que são prejudiciais à pele;

- Pisque. Quem passa horas diante dos livros e cadernos, esquece que piscar é fundamental, pois faz a troca do filme lacrimal, uma película de lágrima que fica sobre a córnea, responsável pela manutenção da umidade dos olhos;

- Faça uma pausa de pelo menos 10 minutos a cada hora de estudo para relaxar, após, volte a piscar normalmente.

- Em ambientes com ar condicionado, a pessoa deve ficar atenta a sinais como lacrimejamento excessivo, ardência ou sensação de areia nos olhos. Quando estes sintomas começarem a aparecer, é hora de desligar o ar condicionado.

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.