São Paulo, 22 de Setembro de 2019

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Menopausa e sexualidade

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
05/03/2009 18:46

Esses assuntos combinam!

Sexualidade durante a menopausa já virou um assunto bem conhecido e debatido em diversos congressos no mundo inteiro. Mas, diferente do que a maioria das mulheres imagina, a menopausa pode aumentar a libido, oferecendo sensações ótimas para mulheres que passam por essa fase.

Quer uma explicação mais científica?
Na menopausa, os folículos deixam de produzir estrogênio, o que aumenta a produção do hormônio responsável pela fertilidade feminina, FSH (Hormônio Folículo Estimulante) e do LH (Hormônio Luteinizante). A elevação do LH estimula a produção de androgênios testosterona e androstenediona.
Estes hormônios atuam no sistema límbico aumentando a libido, disposição e o bem-estar geral.

Por isso, a falta de libido muitas vezes está relacionada ao consumo de medicamentos como antidepressivos, ansiolíticos, anti-hipertensivos e até fatores culturais. A atividade sexual é instintiva, biológica, natural e universal. Já o comportamento sexual está relacionado à experiência e valores de cada pessoa.
É comum homens e mulheres que não tiveram vida sexual boa na juventude culparem a idade pela falta de libido.

É claro que ocorrem alterações físicas no corpo feminino, com destaque para a redução da lubrificação genital. Apesar disso, as mulheres precisam aceitar que a menopausa é um processo normal, fisiológico e que alimentação adequada, atividades físicas, cuidados médicos e principalmente ter planos para o futuro, ou seja, sonhos a realizar, mantêm a auto-estima e melhoram a vida sexual.

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.