São Paulo, 26 de Agosto de 2019

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Escabiose

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
27/05/2009 17:48

Mais conhecida como sarna.

A escabiose humana conhecida como sarna, é causada por um ácaro específico. É transmitida através do contato interpessoal, sem preferência por idade, sexo ou raça. Existe a possibilidade de transmissão pelo vestuário e pelas roupas de cama.

O principal sintoma é a coceira, que em geral é intensa e bastante incômoda, sendo referida com mais frequência durante a noite. O tratamento pode ser tópico ou sistêmico e inclui o uso de medicação.
A distribuição das lesões cutâneas é característica, afetando principalmente os espaços entre os dedos das mãos, axilas, cintura, nádegas, mamas e pés. Nas crianças as lesões atingem também a face, as plantas, as palmas, o couro cabeludo e o pescoço.

Lesões secundárias podem aparecer após o ato de coçar e arranhar a pele e apresentam-se principalmente como escoriações, infecções da pele e nódulos, estes geralmente localizados nas regiões genital, inguinal e axilar.

Quando o paciente relata que uma ou mais pessoas próximas a ele possuem os mesmos sintomas, o diagnótico torna-se quase certo. Cada caso deve ser avaliado separadamente, devendo ser indicados tratamentos somente por um médico.

Eventualmente, nem mesmo dentro de uma mesma família é possível usar o mesmo medicamento, pois crianças, gestantes, pessoas com problemas neurológicos ou outras doenças associadas podem ter seu uso contra indicado.

Cabe ressaltar que a escabiose dos animais é causada por outros ácaros que não o da variedade humana e raramente há transmissão para o homem.

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.