São Paulo, 23 de Julho de 2019

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Enxaqueca

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
03/07/2009 18:52

Mal feminino?

Para cada homem com dores na cabeça, há 2,2 mulheres afetadas por enxaqueca. A enxaqueca é, na verdade, uma doença neurológica crônica com causas variadas e predisposição genética.

Na prática, ela se traduz por uma dor unilateral, latejante, e piora com a movimentação, o que obriga muitas vezes a pessoa a recolher-se num quarto escuro por causa da hipersensibilidade à luz e aos ruídos.

O incômodo pode durar entre quatro e 72 horas. Causa sensação de dormência em membros do corpo, náusea e perturbações visuais, como luzes piscando e visão embaçada.

Aproximadamente 20% da população feminina sofre de enxaqueca, a mais terrível das dores de cabeça. Entre os homens, a porcentagem varia entre 5% e 10%. O problema, geralmente, se inicia na infância ou na adolescência e pode acompanhar a pessoa por toda a vida.

Escopo desse texto foi tirado de revistavivasaude.uol.com.br

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.