São Paulo, 24 de Novembro de 2017

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Chá

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
24/07/2009 18:52

No inverno, aproveite para extrair os benefícios

Espantar o frio com uma boa xícara de chá é uma delícia, e fica melhor ainda quando este chá ajuda na dieta.
Aproveite para aprender as dicas abaixo e apostar no chá! As infusões ajudam na digestão, aceleram o metabolismo, combatem o inchaço e até cortam o apetite.

Abaixo, você encontra uma série de sugestões que ajudam a vencer os principais obstáculos durante a fase de perda de peso, aproveitando o inverno para emagrecer.

Inchaço
O problema mascara o resultado de muitas dietas. O acúmulo de líquidos no organismo pode ser causado por vários fatores, como excesso de sal na alimentação ou uso de alguns medicamentos, como corticóides e anti-inflamatórios.

O “cabelo de milho” (Zea mays) é um eficiente diurético, porque ajuda a regular as funções dos rins e da bexiga e combate, principalmente, o inchaço nas pernas. O ideal é tomar de 2 a 3 xícaras de chá ao dia, em infusão, ou 1 xícara pequena no final do dia. Também é recomenda doses de chás verde e chá preto, que também têm propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Apetite
Erva-doce, carqueja, espinheira-santa, chapéu-de-couro, jurubeba, abacateiro, cavalinha e bugre cortam a fome fora de hora. Mas é preciso levar em conta a qualidade da matéria-prima, o que é determinada principalmente pela forma de cultivo, procedência, processamento e armazenagem das substâncias. O chá branco também ajuda a desinchar, desintoxicar e acelerar o metabolismo, facilitando a queima de gordura.

Ansiedade
Várias infusões podem ser utilizadas como calmantes naturais, agindo no sistema nervoso central, baixando a ansiedade. Para isso é recomendado camomila (Matricaria chamomile), alecrim (Rosmarinus officinalis), melissa (Melissa officinalis), hortelã (Mentha piperita), capim-limão (Cymbopogon citratus), jasmim (Jasminum officinalis) e anis (Pimpinella anisum).

Digestão
Algumas plantas com ações digestivas podem auxiliar no funcionamento do intestino, outras ervas contêm substâncias que atuam no fígado, ajudando a quebrar a gordura em moléculas menores. Na lista das plantas conhecidas como digestivas estão o hibisco (Hibiscus sabdariffa), psilium (Plantago psyllium), a cáscara-sagrada (Rhamnus purshiana), a zedoária (Curcuma zedoaria) e fucus (Fucus vesiculosus).

Além das plantas listadas, outro velho conhecido é o boldo (Peumus boldus Molina) que também é chamado popularmente como boldo-do-chile. Suas folhas são usadas na medicina popular para tratamento de problemas digestivos e hepáticos.

Queima de gordura
O chá branco e o chá verde são excelentes aliados para queima de gordura. Os dois são extraídos da Camellia sinensis, mas em épocas diferentes. Para produzir chá branco, são coletadas as folhas mais jovens, antes de entrarem no processo de oxidação natural.

Obs: O escopo dessa mensagem foi baseado no site www.minhavida.com.br

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.