São Paulo, 17 de Agosto de 2018

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Catarata

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
18/09/2009 18:03

Causas, Tratamento e Sintomas.

A catarata bloqueia ou destorce os raios de luz que entram nos olhos. É uma lesão ocular que atinge e torna opaco o cristalino, que é uma lente situada atrás da íris, cuja transparência permite que os raios de luz o atravessem e alcancem a retina para formar a imagem, o que compromete a visão.

Isto causa o brilho exagerado de fontes, como lâmpadas ou raios do sol. A visão torna-se gradualmente borrada, perdendo a nitidez, mesmo durante o dia. No início da lesão, a pessoa vê como se estivesse com a lente dos óculos embaçada ou com uma névoa diante dos olhos. Com a evolução do quadro, porém, passa a enxergar apenas vultos.

A catarata geralmente ocorre nos dois olhos, mas pode afetar apenas um deles. A doença se desenvolve a uma velocidade diferente em cada olho. No início, a visão pode ser melhorada através de trocas frequentes de grau nas lentes dos óculos.

A principal causa da doença é o envelhecimento. Embora o problema apareça geralmente em indivíduos com mais de 50 anos, há casos de crianças que já nascem com a doença (geralmente filhos de mães que tiveram rubéola ou toxoplasmose no primeiro trimestre de gestação).
Outras causas de catarata são diabetes, uso sistemático e sem indicação médica de colírios, entre outras.

O diagnóstico de catarata é feito pelo oftalmologista e o único tratamento para catarata é o cirúrgico.

Dicas para prevenir a catarata:

• Não use colírios, especialmente os que contêm corticóides, sem recomendação médica e respeite o prazo determinado pelo médico para aplicação do medicamento;

• Procure um oftalmologista imediatamente se notar qualquer inflamação ou sofrer algum trauma na região dos olhos;

• Consulte também o oftalmologista sempre que notar alguma alteração visual. A evolução da catarata é lenta, pode ocorrer primeiro em um dos olhos e a pessoa vai se acostumando com a perda progressiva da visão;

• Não tenha medo da cirurgia. Os resultados são animadores e a recuperação, muito rápida!

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.