São Paulo, 22 de Outubro de 2018

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Tabela simples pode ajudar a perder peso.

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
16/04/2010 15:45

Anotar o que se come pode ser eficaz.

Você já ouviu a máxima “o que você não mede você não controla”?

A dica é, evidentemente, muito conhecida na administração empresarial. E vale também para o controle financeiro pessoal e para a organização das finanças domésticas. Nesse caso, o princípio é bem simples: basta montar um controle de despesas num caderno ou numa planilha eletrônica e lançar todos os gastos realizados, que são subtraídos do salário ou renda da pessoa.

Como resultado, pode-se separar organizadamente o dinheiro que se quer investir ou, ao menos, ver para onde está fluindo seu salário – e cortar despesas.

Algumas pessoas apenas dessa forma conseguem se dar conta de como gastam dinheiro com pequenas futilidades – e aprendem então a reprogramar o próprio consumo.

A novidade do ponto de vista do controle do peso é aplicar o mesmo sistema – mas anotando-se o que é consumido em calorias ou, ao menos, a descrição e volume aproximado do que se está comendo diariamente.

Tabela para
diminuição de peso:
o mesmo princípio.


A construção dessa tabela pode ajudar na diminuição e controle do peso.

Em momentos em que as tentações alimentares – inúmeras vezes pouco nutritivas – fazem parte do dia a dia de um cotidiano cada vez mais apressado, controlar o que se come pode ser um elemento simples e bastante útil no combate à obesidade.

Mas assim como uma planilha financeira não faz surgir mais dinheiro, a planilha de consumo de alimentos sozinha também não faz ninguém ficar mais magro. Entretanto ela ajuda a emagrecer ao dar uma dimensão melhor das calorias consumidas ao longo dos dias. As balas, cafés, biscoitos e mesmo os excessos nos almoços e jantares ficam logo evidentes com o uso da planilha. Ao fornecer uma visão do que é ingerido a tabela acaba por dimensionar e estimular o controle da dieta.

Além disso ela pode ajudar o usuário a manter o consumo calórico aproximadamente constante, evitando dias em que a ingestão de calorias é baixa e outros em que se ultrapassa muito uma média razoável sem qualquer motivo além da gula.

Aliada a formas tradicionalmente eficazes de se perder peso – como a prática de exercícios – a adoção de uma tabela de controle de consumo de alimentos pode auxiliar no estímulo e na manutenção de dietas mais equilibradas e com menor consumo de calorias, fazendo a pessoa perceber, por exemplo, que comeu muito no domingo e quase nada na segunda-feira ou vice-versa, ou evidenciando que se está ingerindo muitos doces, por exemplo.

Percebendo onde há falhas uma nova postura pode ser adotada. E, o peso, diminuído. Afinal, o que se mede se torna muito mais fácil de controlar.

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.