São Paulo, 25 de Janeiro de 2020

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Seu maxilar faz “click”?

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
18/10/2010 16:49

Problemas de articulação podem causar dor e desconforto.

Pode ser fácil de perceber durante um bocejo: a pessoa abre a boca com vontade e... ouve um “click” estranho e desconfortável. O processo pode vir acompanhado da sensação de estalo e dor. Esse é um problema orofacial; isto é, que envolve a região da boca e da face. Boa parte da população apresenta algum problema do gênero – as chamadas Disfunções Temporomandibulares (DTM).

São sintomas o ruído de “click” mencionado acima, mas também dor localizada na região da articulação responsável pelos movimentos de abertura e fechamento da boa, dor na região dos ouvidos ou durante o movimento da mandíbula, dores de cabeça que pioram com o movimento mandibular e até travamento (literalmente a mandíbula “trava”) e dificuldade no fechamento dos dentes, entre outros indícios. Há casos em que a dor pode até irradiar ao pescoço e costas. Também pode ocorrer diminuição da audição e sensação de queimação na língua. O problema pode estar relacionado a um ou mais desses sinais.

As Disfunção Temporomandibular está normalmente relacionada a uma articulação (articulação temporomandibular) localizada na frente do ouvido. É fácil senti-la: coloque os dedos no ouvido e abra e feche a boca: você pode sentir a articulação em funcionamento.

Uma articulação
extremamente
exigida.


Essa articulação é extremamente exigida, pois funciona quando a pessoa mastiga, engole e fala. Também é um local rico em músculos, que fazem os movimentos.

A doença é causada por problemas na musculatura responsável pelos movimentos da articulação em razão de doenças ou disfunções que podem acometer os músculos, bem como doenças degenerativas inflamatórias. É mais comum, porém, a patologia originada pela inflamação gerada pelo deslocamento do disco articular, ponto onde acontece o “estalo” que alguns pacientes sentem. O problema também pode ser o resultado de alterações ósseas, perfurações do disco e outros problemas, como fraturas ou acidentes.

Se você desconfia que tem o problema, porém, não se preocupe antes do tempo: a questão pode ser relativamente simples e ser solucionada pelo seu médico ou dentista – que pode até verificar se algum tipo de tratamento é realmente necessário.

O dentista pode também, por exemplo, verificar a possibilidade de reposicionar a mandíbula ou os dentes para tentar corrigir o problema. Também é possível, se for o caso, ser adotado um tratamento para relaxar a musculatura local, diminuindo a tensão local – e, nesses exemplos, descartando qualquer necessidade de correções mais intrusivas. Podem também ser indicados dispositivos simples para uso, promovendo o relaxamento muscular relacionados a fatores emocionais ou dentários.

Em resumo: se você tem os sintomas de “click”, dores na movimentação mandibular, limitações na abertura da boca, ou outros dos sintomas mencionados, procure seu médico ou dentista. O problema tem tratamento e a avaliação médica poderá lhe dizer o que fazer.

Atenção: Este texto é meramente informativo e seu conteúdo é genérico. Este texto não substitui a opinião de um profissional de saúde. Não determine suas ações meramente com base nos dados aqui contidos. Consulte sempre um médico e siga o tratamento prescrito. É o médico quem melhor tem condições de avaliar um estado físico e/ou de saúde, fazer diagnósticos, indicar tratamentos e medicamentos quando for o caso e dar orientações em questões de saúde.

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 16h30 e aos sábados das 8h às 16h.