São Paulo, 16 de Novembro de 2019

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Alimentação e trabalho: evite 3 erros.

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
22/10/2010 15:47

Pequenas medidas evitam problemas com a alimentação relacionados ao trabalho.

Prato bom é o prato cheio? Muita gente sabe que isso não é verdade. O problema é que estar atento a esses e outros cuidados com a alimentação em casa é uma coisa. Em dias de trabalho, porém, a realidade pode ser outra. Conheça 3 erros que devem ser evitados no dia-a-dia profissional em relação à alimentação:

1. Não tomar café da manhã. Veja bem: é necessário fazer uma refeição de café de manhã, e não simplesmente “tomar um café pela manhã”. Essa alimentação é essencial. Ninguém precisa fazer aquele café da manhã “de novela” e nem comer bacon com ovos, à moda dos norte-americanos – mas é muito bom comer uma fruta, preparar uma torrada e curtir a manteiga no pão, um cereal, o bom leite quente... É essa primeira alimentação que garante um começo de dia com disposição. O café da manhã é essencial para repor a energia gasta enquanto se esteve dormindo (sim, dormir também consome energia!) e equilibra o nível de açúcar no sangue. Além disso, um bom café da manhã ajuda a evitar que no almoço a pessoa sinta fome em excesso e coma além da conta. Mas você não sente fome pela manhã? Então faça ao menos um lanche bem leve antes de dormir, na noite anterior. Tem fome, mas não tem tempo? Então deixe a mesa posta e sucos e outros alimentos semiprontos antes de ir dormir – a refeição fica mais rápida e confortável.

2. Ficar muito tempo sem comer. Nada de entrar no trabalho e pensar que seu organismo é uma máquina que não precisa de manutenção. Fazer pequenos lanchinhos a intervalos de cerca de três horas ajuda o corpo a não estocar gordura (em especial lá: na barriga). Não fique muito tempo sem comer. Habitue-se a fazer pequenas paradas para saborear uma barrinha de cereal (escolha as menos calóricas), um biscoito com fibras, uma bela maçã ou uma salada de frutas (leve de casa em um potinho). Evite porém doces e outras guloseimas industrializadas e cheias de açúcar.

3. Fazer happy-hour constantemente. Na verdade, o problema não é ir ao happy-hour, mas consumir álcool e comidas altamente calóricas (amendoinzinhos, frituras,molhos calóricos e outros petiscos) em excesso. No caso da bebida, vale lembrar que uma lata de cerveja de 350ml possui cerca de 147 calorias. Ou seja: 4 latas já fornecem mais de 25% das necessidades calóricas diárias para uma dieta de 2000 calorias. Ingeridas constantemente, além dos perigos e dos danos causados pelo álcool, a bebida pode se tornar um problema também para a forma física. Se quer sair e se divertir com os colegas de trabalho num happy, controle a bebida (intercale uma cervejinha com uma água ou refrigerante sem açúcar, por exemplo) e fuja dos petiscos. Evite o álcool, mas se for ingerir algo tome o mínimo possível. E, é claro: não beba nada alcoólico se for dirigir.

Então, olho nesses erros! Tome sempre um bom café da manhã, tenha sempre um lanchinho saudável à mão no trabalho e nada de happy-hour de quarta a sexta... E viva melhor!

Gostou dessas dicas? Tem outras dicas para evitar problemas com a alimentação no trabalho? Escreva para nós!

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.