São Paulo, 22 de Outubro de 2018

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Refrigerante não-calórico à vontade?! Nada disso.

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
27/10/2010 17:44

Bebidas “lights” e “diets” não devem ser consumidas com exagero.

Parece um milagre, mas eles estão aí: sem açúcar, bem gelados, saborosos. Verdadeiros convites para quem aprecia a bebida. São os refrigerantes “lights” e “diets”, ou ainda os chamados “refrigerantes zero”, que se tornaram bastante comuns.

De fato esses refrigerantes são pouco ou praticamente nada calóricos, dependendo de sua formulação e tipo. Com base nisso, muitas pessoas nem se preocupam em controlar seu consumo, e “mandam ver” na bebida gasosa. “Já que não têm calorias, não vão me engordar”. E tomam copos e mais copos, num mesmo momento (em especial nas refeições), ou várias latinhas ao longo do dia. Tudo bem com isso? Não.

O refrigerante em si não engorda se não tem calorias. O problema porém é que ele ajuda a engordar se consumido exageradamente ou de forma inadequada. Isso acontece porque o refrigerante é uma bebida gasosa – que consumida durante o almoço, por exemplo, pode criar uma sensação de “saciedade” em razão do estômago cheio.

Ou seja: a pessoa toma o refrigerante (que é gasoso) durante a refeição e boa parte do estômago fica ocupada pelo líquido e pelo gás; uma mistura pobre em nutrientes em relação ao volume que ocupa. A pessoa porém entende que já comeu o suficiente, finaliza a refeição e, pouco tempo depois, pode sentir fome novamente – e comer de novo, por exemplo.

Outra questão importante é o sódio, comumente presente em considerável quantidade nesse tipo de produto. O sódio é uma substância que faz com que o corpo retenha líquido. Mais líquido, mais peso e mais trabalho para os rins, fígado e sistema circulatório, que podem ser prejudicados.

Mas então não há milagre no refrigerante sem caloria? Não. O que há é uma opção de um produto que ajuda a pessoa a cortar consumo calórico ao fazer a opção por esse tipo de bebida. Porém um refrigerante ser “diet”, “light” ou “zero” não significa que diariamente a pessoa poderá consumir grandes quantidades desses produtos sem qualquer tipo de restrição ou preocupação.

Como em tudo na vida, o que vale é a moderação e a atenção. Sem milagres nem fantasia.

Uma dica: se uma bebida é tão indispensável na refeição, consuma água – ao menos não tem gás nem sódio em quantidades significativas e é naturalmente “zero caloria”. No começo muitos estranham, mas com o hábito o paladar se ajusta e acaba sendo uma boa companhia. Mas mesmo assim também nada de exageros, para evitar o problema de falsa sensação de saciedade. E bom apetite!

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.